Quantas livros você já emprestou neste ano

Quantas bibliotecas existem na sua cidade? Toronto tem um monte!

Falo com êxtase que Toronto tem mais de 1600 parques públicos. É parque pra todo lado. É gostoso. É legal. É saudável. E se formos falar das bibliotecas, não é muito diferente. Praticamente todo bairro tem uma. E não estou falando daquelas bibliotecas medonhas, fedorentas e desorganizadas, não. É coisa boa. Prazerosa. Moderna. Cultura à flor da pele. E você lembra qual foi a última vez que você pisou numa biblioteca pública?

Monteiro Lobato já dizia: “Um país se faz com homens e livros”.

Cidades se fazem com homens e livros. Pra se ter uma ideia, Toronto tem uma população na casa de 2.8 milhões de pessoas, numa área de 630.2km². Tá, e daí?

Só pra comparar, São Paulo tem umas 12 milhões de pessoas ali dentro (área: 1.521 km²). O Rio de Janeiro, umas 6.3 milhões de pessoas (área: 1.255 km²). E quantas bibliotecas você imagina que tem cada cidade dessa?

Rolou alguns anos atrás um relatório da World Cities Culture que mostrava que São Paulo e Rio de Janeiro tem, em média, 1 biblioteca para cada 100 mil habitantes. Toronto, são 4.

Além disso, não dá nem um livro por ano, pra cada pessoa, emprestado nestas capitais – São Paulo, 0,07 e Rio, 0,03. Em Toronto são emprestados, em média, 14 livros por habitante. De fato, nos metrôs e ônibus você sempre vê alguém com um livro na mão.

Segundo a Toronto Public Library, 70% da população de Toronto já passaram por uma biblioteca. Daí você pensa: mas, fica fazendo o quê dentro de uma biblioteca?

Primeiro: tem quase tudo ali. Segundo: nem só de livros se faz uma biblioteca! Os caras têm até serviço de streaming de vídeos (tipo Netflix, manja?). Tem ebooks, CDs, programas para famílias, programas profissionalizantes, palestras, aulas de yoga, jogos e mais um monte de coisa.

Nada nada, são mais de 100 bibliotecas espalhadas pela cidade. Bonitonas, em sua maioria, e com títulos sempre atualizados. Sem contar a tecnologia no geral.

E pra ter a sua carteirinha não é algo tão do outro mundo assim: basta você morar em Toronto, trabalhar ou estudar. Leve um documento com foto e um comprovante de endereço, e boa leitura.

Post originalmente publicado no Jornal North News.