Canadá quer trazer pro país 300.000 imigrantes em 2017

Já rolava alguns boatos, mas agora o Ministro da Imigração John McCallum pegou firme e confirmou: pro ano que vem vão aumentar em 40 mil o número de novos imigrantes no país. Vai bater na casa dos 300 mil vistos. E isso não vai parar por ai, pros próximos anos a coisa tende a crescer ainda mais. Ah… tem até o ETA para o Brasil em maio de 2017. Caracolis!!!

Vai ser mais ou menos assim: aquelas vagas de “economic class” (skilled worker, businness people e caregiver) vão dar um up de 160 mil para mais de 172 mil novas vistos. Aquelas para trazer familiares vão chegar a 84 mil. E ainda vão ter muitas oportunidades para refugiados e casos humanitários. E não é só, espere: você é estudante internacional? Conte até 10, respire, relaxe os braços, dê aquela estralada no pescoço, que agora essa é pra você…

Outra linha, parágrafo (tensão de emoção).

Palavras do Sr. McCallum: “Se você procurar um melhor candidato para se tornar um residente permanente no Canadá, essa pessoa é um estudante internacional. Eles são jovens, inteligentes, falam inglês ou francês, eles sabem sobre o Canadá. (…) Em poucas semanas vamos anunciar mudanças que vão deixar mais fácil esse processo para um grande número deles”. Uau!

E pra fechar com aquela cereja num montinho de Nutella naquele seu bolo preferido, anota aí: nos próximos cinco anos, a galera (lá da Imigração) tá com um número de 450 mil imigrantes pra trazer pro Canadá. Governo Liberal sendo Governo Liberal. E como já disse o “fim” do visto de turismo para o Brasil pra maio do ano que vem também.

Tipo assim, pra quem tem o mapa do Canadá na parede do quarto, chegou a hora de planejar firme, arregaçar as mangas e meter as mãos na obra (ou na neve ou no site da imigração). Porque se você dormir no ponto, você pode é ficar com nada.

img_2391
arte: André Rodrigues

.

Cadastre seu email aqui e saiba mais e mais informações sobre o Canadá.

1 thought on “Canadá quer trazer pro país 300.000 imigrantes em 2017”

Os comentários estão fechados.