Canadá quer trazer 1 milhão de imigrantes até 2020

Já vai tirando as malas lá de cima do guarda-roupa, pegando aquele dicionário de inglês-português, botando aquelas jaquetas com pelos dos ursos do ártico polar pra lavar, porque o seu sonho canadense está prestes a se realizar. Programa de Imigração lançado nesta semana pelo governo do Canadá promete abrir as portas para 1 milhão de imigrantes até 2020. #PartiuCanadá.

“Será o mais ambicioso programa de imigração da história recente do país”, foi o que falou o Sr. Ahmed Hussen, Ministro da Imigração do Canadá. O plano é já trazer uns 310 mil em 2018 e chegar a 340 mil em 2020. No total, esses números representarão um aumento na população em cerca de 1%. Pouco? Pro Canadá, não. É sabido que o país é gigantesco, nada nada o 2º maior do mundo, contudo, por alguns fatores (tipo, clima), é pouco populoso. Logo, precisa de gente.

“É fato que precisamos de mais trabalhadores, mais gente qualificada, precisamos de pessoas para mover nossa economia e também necessitamos de cabeças pensantes em certas províncias do país”, ponderou Mr. Ahmed. Até já tinha falado um pouco disto, com relação às enfermeiras: “Enfermagem: a profissão do futuro em Ontário”. Mas, agora a visão é mais ampla e mais ousada.

“Será o mais ambicioso programa de imigração da história recente do país” – Ahmed Hussein

Esse povo todo que eles querem trazer será dividido entre os diversos programas de imigração (os quais eles pretendem simplificar também). Aumentarão as vagas no Express Entry, nos Programas Provinciais, no Famiy Class e também no acolhimento a refugiados. Chances não vão faltar. O lance agora é mergulhar dentro do programa que mais lhe convém, encher a porta da geladeira de post-it e partir pra cima – se fizer tudo certinho, suas chances são grandes.

Movimentos como este do governo canadense, que já são, de certa forma, conhecidos no mundo todo, principalmente por nós brasileiros, levam o país à uma característica bem marcante – se você conhece o Canadá vai concordar comigo – sua multiculturalidade e sua hospitalidade. Seguindo neste ritmo, em 2036 o país terá 25% de sua população – ou seja, 1 em cada 4 pessoas – nascida fora daqui. Ma-lu-co. Mas, enriquecedor – pra ambos os lados.

Então, se você é daqueles que tem o mapa do Canadá pregado na parede do quarto, não sei o que você está fazendo aqui ainda lendo este post – vai já pro site do Imigração canadense e divirta-se.